7 de agosto de 2019

A Mulher Na Cabine 10 - Ruth Ware






Título Original: "The Woman in Cabin 10" | Autor(a): Ruth Ware | Gênero: Suspense e Mistério | Ano: 2017 | Páginas: 320 | Editora: Rocco | Skoob | Ler um Trecho | Data da Leitura: 09/08/2018

Sinopse: Aclamado pela crítica e há mais de 30 semanas na lista dos mais vendidos do The New York Times, A mulher na cabine 10 estabelece de vez Ruth Ware como um dos grandes nomes do suspense contemporâneo, na melhor tradição de Agatha Christie. No livro, uma jornalista de turismo tenta se recuperar de um trauma quando é convidada para cobrir a viagem inaugural de um luxuoso navio. Mas, o que parecia a oportunidade perfeita para se esquecer dos recentes acontecimentos acaba se tornando um pesadelo quando, numa noite durante o cruzeiro, ela vê um corpo sendo jogado ao mar da cabine vizinha à sua. E o pior: os registros do navio mostram que ninguém se hospedara ao seu lado e que a lista de passageiros está completa. Abalada emocionalmente e desacreditada por todos, Lo Blacklock precisa encarar a possibilidade de que talvez tenha cometido um terrível engano. Ou encontrar qualquer prova de que foi testemunha de um crime e de que há um assassino entre as cabines e salões luxuosos e os passageiros indiferentes do Aurora Boreal.

"A Mulher Na Cabine 10" vai nos contar a historia de Lo Blacklock , uma jornalista de turismo que está prestes a ter uma nova chance na carreira. Convidada para cobrir a viagem inaugural do Aurora Boreal, um cruzeiro luxuosíssimo com apenas dez cabines. Todos os convidados são pessoas ilutres como fotógrafos e jornalistas famosos. Tudo ia bem até que, na primeira noite, Lo ouve um barulho na varanda ao lado e ao checar o que era, vê um corpo no mar.

Fiquei presa na leitura de "A Mulher Na Cabine 10" por mais de nove meses. Todo dia eu lia um pouquinho e a leitura não fluia, não andava, ao mesmo tempo em que eu queria saber o que estava acontecendo, quem era a mulher da cabine 10 ou se Ruth estava mesmo alucinando por ter misturado remédios com bebidas.
"Escritas no espelho embaçado, com letras que deviam ter uns quinze centímetros de altura, estavam as palavras 'PARE DE FUÇAR'."
Vocês entendem o quanto isso pode ser complicado para um leitor? O ano de 2017 foi bem difícil pra mim em muitos aspectos da minha vida e mulher na cabine 10 foi o livro que me acompanhou por muitos meses e quando terminei a leitura, senti uma satisfação que não sentia há muito tempo.

Terminar a leitura desse livro foi como uma libertação e mesmo que o final não tenha sido como o esperado e que o clichê estava ali presente como sempre, eu senti que o livro tinha cumprido seu papel em me deixar curiosa e a não desistir da leitura. Lembrando que a leitura se arrastou por eu não estar numa boa fase, já que, quando decidi terminar as ultimas 150 páginas, as devorei em apenas uma hora, sentindo aquela satisfação de terminar uma história.
"Foi uma sensação estranha, como se eu estivesse espiando pelo lado errado de um telescópio, que me provocou uma tontura, quase uma vertigem."
Lo é uma personagem bem trabalhada, acabamos pegando empatia por ela, mesmo que tenha tantos pontos fracos e cometa tantos erros dentro de um barco tão pequeno. Em certo ponto da leitura, cheguei a achar que Ruth era bem paranoica e um pouco dramática e pessimista demais. Já os demais personagens me pareceram um pouco rasos, nomes e mais nomes que não acrescentavam muito à história e que no final, você não se lembra muito de ninguém, mas desconfia de absolutamente todos durante todo o livro.

"A Mulher Na Cabine 10" é uma leitura gostosa com um mistério bem previsível e um final não tão plausível, mas que pode te prender em uma leitura agradável por algumas horas.

_ _ _ _ 

Ruth Ware cresceu em Sussex, na costa sul da Inglaterra. Ela trabalhou como garçonete, livreira, professora de inglês como língua estrangeira e assessora de imprensa. Ela agora mora no norte de Londres com sua família.
Seu thriller de estréia, In a Dark, Dark Wood, foi um best-seller do New York Times, e foi escolhido para o filme pela New Line Cinema.

Outras Obras:

0 comentários:

Postar um comentário

 
© LuMartinho | 2014 | Todos os Direitos Reservados | Criado por: Luciana Martinho | Tecnologia Blogger. imagem-logo