Advogada por formação, ilustradora apaixonada por manipulação de imagens e pintura digital. Gosta de Livros, Música, Abóboras, Halloween, Rock e Fogos de Artifício. Vidente e psicóloga emocional.

3 minutos de leitura

 

Título Original: “Presos que Menstruam - A brutal vida das mulheres tratadas como homens nas prisões brasileiras” | Autor(a): Nana Queiroz | Gênero: Não-Ficção, Sociologia | Ano: 2015| Páginas: 294| Editora: Record | Skoob | Data da Leitura: 04/02/2020

 

Sinopse: Carandiru feminino. A brutal vida das mulheres tratadas como homens nas prisões brasileiras. Grande reportagem sobre o cotidiano das prisões femininas no Brasil, um tabu neste país, Nana Queiroz alcança o que é esperado do futuro do jornalismo: ao ouvir e dar voz às presas (e às famílias delas), desde os episódios que as levaram à cadeia até o cotidiano no cárcere, a autora costura e ilumina o mais completo e ambicioso panorama da vida de uma presidiária brasileira. Um livro obrigatório à compreensão de que não se pode falar da miséria do sistema carcerário brasileiro sem incorporar e discutir sua porção invisível. Presos que menstruam, trabalho que inaugura mais um campo de investigação não idealizado sobre a feminilidade, é reportagem que cumpre o que promete desde a pancada do título: os nós da sociedade brasileira não deixarão de existir por simples ocultação – senão apenas com enfrentamento.

Conheci o título por uma indicação da Karen Alvarez no Twitter e fiquei curiosa no momento em que vi a capa. Li pelo Kindle Unlimited e foi uma experiência para lá de interessante e chocante.

A autora nos conta diversas histórias de vida de presas nas instituições carcerárias espalhadas pelo brasil, inclusive, cadeias feitas exclusivamente para homens que, por conveniência do estado, foram “adaptadas” para mulheres.

Tudo no livro é muito intenso e ver como as presas são tratadas chega a ser revoltante. Elas foram presas por cometerem crimes? Sim. Precisam de punição pelo crime que cometeram? Sim. Precisam ter tratamento degradante e viver em condições deploráveis? OBVIAMENTE QUE NÃO!

“Criar as mulheres para a competição seria uma estrategia da sociedade machista para dividi-las e mante-las submissas”

Ninguém deixa de ser um ser humano ou de ter necessidades de ser humano ou perde o direito a dignidade do ser humano só por ter cometido um crime, seja ele qual for. Infelizmente, o tratamento dispensado às presas é péssimo e muitas vivem em condições horríveis em cadeias superlotadas e sem a capacidade de receber ninguém, muitas vezes com uma infiltrações e mofo, além de uma comida que, segundo a autora, é intragável e repugnante por diversos aspectos.

Nana nos conta a história de diversas mulheres presas pelos mais diversos delitos de uma maneira bastante sensível e sem enrolar. A história que mais mexeu comigo foi da estudante de direito presa por um crime que, segundo ela, não cometeu. E por que mexeu tanto comigo? Porque ela cursou Direito na MESMA universidade que eu e, inclusive, foi presa lá dentro, pouco antes de uma prova.

Presos que Menstruam” é um livro que faz você se questionar se as leis são mesmo feitas para serem seguidas, um livro que vai fazer você parar a leitura por um momento para respirar, um livro que depois de lido, nunca mais sairá de dentro de você.

**_ _ _ _**

A Nana é jornalista e escritora. Organizou o livro “Você já é feminista: abra este livro e descubra o porquê” e é autora de “Presos que Menstruam”, além de roteirista do filme de mesmo nome que está em produção (e querendo virar série). Ela também é criadora do protesto Eu Não Mereço Ser Estuprada. Entrou nas listas de mulheres mais destacadas de 2014 do UOL, Brasil Post e do think tank feminista Think Olga. Foi finalista do Troféu Mulher Imprensa 2016. Como jornalista, trabalhou nas revistas Época, Galileu, Criativa e Veja, além dos jornais Correio Braziliense e Metro. No ativismo, é media campaigner da Avaaz. É bacharel em jornalismo pela USP e especialista em Relações Internacionais pela UnB.

Outras Obras: Eu, Travesti | Você já é Feminista!

Posts recentes

Categorias

Facebook

Meus Ebooks

Youtube

Lendo